Fórum Romano

Fórum Romano

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

7˚ano: Lista adicional de Recuperação Paralela 2˚ Trimestre


1) Utilize seus conhecimentos sobre o feudalismo na Europa:

a) Complete a composição da pirâmide social feudal, na sequência A, B e C: (1.0)



A: ____________________________________
B: ____________________________________
C: ____________________________________

b) Por que esta composição social é chamada de estamental? Explique.  (1.0)
c) Explique a importância da Igreja Católica para a manutenção da sociedade estamental na Europa Medieval. (0.5)

2) Preencha a tabela abaixo com características dos dois periodos da Idade Média:
Alta Idade Média
Baixa Idade Média







.     
.                  
          3) Relacione o crescimento populacional à ocorrência de Cruzadas.
.                 4) Observe a imagem a seguir. Ela se refere à chamada Cruzada das Crianças, em 1212. Depois, responda às questões. 

.                
a) O que foram e por que ocorreram as Cruzadas?
.                 b)O que motivava os europeus em relação às Cruzadas, a ponto de eles incluírem a crianças em expedições que envolviam combates militares?
      5)  As Cruzadas foram muito importantes para o renascimento comercial. Explique:
c) a influência econômica das Cruzadas para a volta do comércio:
d) a influência cultural das Cruzadas para a volta do comércio
6) Como o desenvolvimento das atividades comerciais afetou a vida do servo?
7) Leia a seguir o fragmento abaixo e responda às questões:
              Entre a cidade e o campo o contraste era profundo. Uma cidade medieval não se perdia em subúrbios, fábricas e casas de campo. Cercadas de muralhas, erguia-se como um todo compacto, eriçada de torres sem conta. Por mais alta e ameaçadoras que fossem as casas dos nobres ou dos mercadores, a massa imponente das igrejas sobressaía-se sempre no conjunto da cidade.
HUIZINGA, Johan. O declínio da Idade Média. Lisboa: Ulisseia, s.d. p. 10
Apesar das mudanças provocadas pelo comércio, o texto nos revela a força de um grupo que tinha poder desde a Alta Idade Média. Identifique esse grupo.
8) Quais eram as oportunidades oferecidas pelas cidades aos camponeses que não queriam mais viver nos feudos?


9 Leia o fragmento abaixo e responda à questão a seguir:
  No memorando de 3 de agosto de 1384, em nome de Baldo Ridolfi e seus sócios, nós seguramos por 100 florins de ouro a lã do barco de Bartolomeu Vitale, em trânsito de Peniscola para Porto Pisano. E dos ditos 100 florins, que nós seguramos contra todos os riscosm nós recebemos 4 florins de ouro em dinheiro, como consta no registro feito pela mão de Gherardo d’Ormanno. O dito barco chegou a Porto Pisano a salvo em 4 de agosto de 1384 e nós estamos livres do referido risco.
Apud: Pais, Marco Antônio de Oliveira. O despertar da Europa. São Paulo: Atual, 1992. P. 37
a) A qual atividade, surgida na Baixa Idade Média, o texto se refere?
b) Essa atividade existe até os dias atuais? Explique.
10) Leia o fragmento:
O Ofício de Aprendiz:
“ Faz-se saber que Lotin, filho de Mathieu de Kaserie, deve residir com Jacquemon Conchest, fabricante de facas, durante 6 anos seguidos. Jacquemon deve assegurar-lhe cama, bebida, comida e deve lhe ensinar o ofício de como fabricar facas. Pode manda-lo a toda parte, dentro e fora da cidade. Mathieu deve fornecer a seu filho vestuário e calçado. Se Lotin faltar ao trabalho um dia, deverá repô-lo ao final de seis anos.
                                                                        Citado em Coletânea de Documentos históricos para o 1˚grau. São Paulo: SE/CENP, 1980.p.76

a) Qual o papel exercido por Lotin, Mathieu de Kaserie e Jaquemon Conchest?
b) Que tipo de contrato foi estabelecido entre Matheieu e Jacquemon? Qual a duração deste contrato?
c) Quais os direitos e as obrigações de Lotin? Grife no texto o trecho onde a informação aparece.
              d) A qual classe social as pessoas citadas no contrato pertenciam? Explique.
.     
11) O desenvolvimento do comércio e das cidades influenciou o processo de formação das monarquias nacionais europeias porque
a)  criou a necessidade de centralização do poder para unificar os tributos, as moedas, os 
pesos e medidas, as leis e mesmo a língua.
b)  ocorreu sob uma luta de interesses que aliou a burguesia, a Igreja, os artesãos e os 
servos contra o rei e a nobreza.
c)  criou condições para que a autoridade do rei ficasse enfraquecida.
d)  promoveu a subordinação do poder real aos duques e condes, que possuíam grandes 
exércitos.

12) Leia o poema a seguir, escrito durante o século XIV, na França. 
Não há um membro nem uma forma, Que não cheire à putrefação1.
Antes que a alma se liberte,
O coração que quer rebentar no peito Ergue-se e dilata o peito 
Que quase fica junto da espinha dorsal.
– A face é descorada e pálida.
E os olhos cerrados2, na cabeça. A fala perdeu-se, Porque a língua está colada ao céu do boca.
O pulso bate e ele anseia. [...]
Os ossos separam-se por todas as ligações
Não há um só tendão que não se estique e estale.
CHASTELLAIN. “Les Pas De La Mort”.

Vocabulário
1 putrefação: apodrecimento, decomposição de corpos. 

2 cerrados: fechados.
a) Qual é o tema do poema?

b) Por que esse assunto era tão presente no cotidiano da Europa nesse século?

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

6˚ano: Rec 2˚ Trimestre

Atenção alunos de recuperação, como já informado, não haverá aula de recuperação, mas vocês devem fazer os exercícios e entrega-los no dia da avaliação. Qualquer dúvida, me procure:
Origem do Homem Americano:
Utilize seus conhecimentos e explique o mapa abaixo:



Justifique as escolhas que você fez na Atividade 2
Os Incas: 
Assistam ao vídeo didático sobre os Incas, bem legal e parecido com o nosso conteúdo.
1) Quem eram os Incas?
2) Por que os Incas se consideravam herdeiros do deus sol? 
3) Explique o que eram os ayllus e sua importância para o Império Inca (páginas 120 e 121)
4) Quem era o Sapa Inca? Descreva sua importância para a formação do Império. (página 121)
5) Explique o que era a Reciprocidade e relacione-a à expansão do Império. (páginas 121 e 122)
6) Como o Inca controlava seu império? Explique. (páginas 124 e 125)
7) Pode-se afirmar que a sociedade inca era igualitária? Explique. (Capítulo 10)
8) Cite duas grandes obras de engenharia inca ( páginas 130 e 131)


Egito: 
1) Quanto ao poder no Antigo Egito, responda:

a) O poder no Egito estava centralizado na figura do faraó. Esta afirmação está correta? Justifique sua resposta.


b) Por que é correto afirmar o governo no Egito Antigo como um governo Teocrático?

2) Observe a imagem e responda às questões:

a)    Quem é o personagem representado?

b)   Que trabalho ele aparece fazendo na escultura? Este trabalho tem relação com o que ele realizava no Egito Antigo?

c)    Por que o trabalho dele era tão importante para a sociedade egípcia?

3) A construção das pirâmides.

“ Quéops obrigava todo o povo egípcio a trabalhar para ele. “Grande numero de egípcios foi empregado na tarefa de cavar as pedreiras da montanha da Arábia e arrastar dali até o Nilo as pedras que iam retirando, levando-as, em seguida, para a outra margem do rio, onde novos trabalhadores recebiam-nas e transportavam-nas (...). Utilizavam-se, de três em três meses, cem mil pessoas neste trabalho (...).”
                                                                                 Heródoto. História (século V a.C.)

a) Quem é o autor do texto? Em que época foi escrito?

b) Para que serviam as pirâmides?

c) Relacione as pirâmides à religião egípcia.

d) Segundo o autor, a construção de uma pirâmide mobilizava milhares de pessoas. Quem eram as pessoas que trabalhavam na construção destes edifícios? Quando isto acontecia?

e) Por que existem pirâmides maiores e pirâmides menores? O que isto significa? Justifique sua resposta. 

8˚ano: Rec Paralela 2˚ Trimestre

Pessoal do 8˚ano que está com dificuldade em visualizar os exercícios no Moodle, segue o roteiro adicional com exercícios conceituais de recuperação:


Vocês podem utilizar o roteiro de estudos abaixo, façam a rec contínua da avaliação Trimestral também: 


Cap: 6: O Iluminismo se espalha e chega aos nossos dias
Cap 7: A Revolução Francesa: O Absolutismo x Iluminismo
Cap 8: O Ouro no Brasil
Cap 9: O Liberalismo contra o pacto colonial

Cap 6:

·      Relacione as ideias iluministas aos interesses da elites coloniais;
·      Explique como funcionava o comércio triangular;
·      Explique os princípios iluministas contidos na Declaração de Independência Norte Americana de 1776.
·      Reveja a resolução dos exercícios da página 112 – Atividade em grupo.

Cap 7:
·      Defina como era a sociedade francesa no Antigo Regime;
·      Por que pode-se afirmar que as regras sociais francesas eram muito injustas? Explique.
·      Explique qual a situação da França pré-revolucionária em relação à:
a)    economia;
b)   política;
c)    sociedade.
·      Relacione a Assembleia dos Estados Gerais ao início da Revolução;
·      Relacione: insatisfação, ideias iluministas e revolução;
·      Por que a Bastilha foi o primeiro alvo dos Revolucionários?
·      Relacione: Iluminismo Declaração de Direitos do Homem e do Cidadão.
·      Defina as fases da Revolução e a qual das facções políticas ( jacobinos ou girondinos) ela atendia.
·      Defina quem foi e qual a importância política de Napoleão Bonaparte,
·      Como Napoleão disseminou as ideias iluministas pela Europa?
·      Defina Bloqueio Continental e sua importância para a economia da França.
·      Por que a ação napoleônica foi responsável pelo enfraquecimento do absolutismo na Europa e pela expansão dos ideais revolucionários?

Cap 8:
·      relacione: Bandeirantes e a descoberta do ouro;
·      Relacione: Decadência do açúcar, Ouro e Mercantilismo;
·      Defina: Guerra dos emboabas;
·      Como se organizou a região mineradora do ponto de vista:
a)    social;
b)   religioso;
c)    econômico;
d)   político;
e)    urbanístico;
f)     lazer
·      Relacione: Mercantilismo e Casas de Fundição;
Cap 9:
·      Como o liberalismo atendia aos interesses das elites coloniais?
·      Quais as contradições do liberalismo no Brasil?
·      Quanto à Inconfidência Mineira, defina:
a)    Causas;
b)   Envolvidos;
c)    Consequências.
·      Faça o mesmo com a Conjuração baiana.
·      Diferencie as duas grandes revoltas separatistas coloniais.

segunda-feira, 28 de julho de 2014

6˚ano: A Maldição da Múmia...

A Maldição da Múmia

E aí pessoal, aproveitando muuuito? Eu também!
Como prometi, segue o vídeo que falei para vocês! Quantas coincidências... será que a maldição existe mesmo???
Nesse Link: Rei Tut: segredos de família Exames de DNA revelam a verdade sobre os pais do faraó-menino Tutankhamon e novas pistas de sua morte prematura você poderá ver imagens sobre a múmia do faraó e acompanhar informações sobre sua autópsia e descobertas sobre sua família. Aproveitem e depois me contem do que mais gostaram!

Para curiosidades sobre a vida de Tut: http://viajeaqui.abril.com.br/materias/os-segredos-do-rei-tut


Beijinhos historiográficos!


domingo, 15 de junho de 2014

8˚ano: Jovens Brasileiros

Olá pessoal;

Conforme combinado segue para auxilia-los um roteiro de análise histórica para os contos selecionados:

1˚Conto: O Bandeirismo em São Paulo

O foco central nesse conto é a vida do garoto Macário, que sonhava em ser bandeirante, na pequena cidade de São Paulo de Piratininga, local de onde partiam as bandeiras;
Ao realizarem a análise desse conto, atentem-se à organizacão de uma bandeira, aos perigos oferecidos pela mata e a dificuldade de localização no sertão (entenda-se por sertão tudo aquilo que estava distante do litoral)

2˚Conto: A Febre do Ouro em Minas

Com muita relação com o conteúdo que trabalhamos em sala, esse conto traz detalhes sobre a vida na região mineradora, desde a exploração inicial do ouro no aluvião, até o momento em que a mina era registrada e o início oficial da exploração. 
A família de Filipe vive nesse contexto e precisa sobreviver, dessa forma, passam de exploradores a comerciantes. Atemtem-se aos fatos sobre a formação e organização do arraial, a cobrança de impostos e os mecanismos para facilitar o contrabando.
O papel social de cada personagem retratado, o topeiro, o minerador, a negra escrava de ganho...
A página 60, que contém informações adicionais, deve ser lida com atenção.

Não se esqueçam, esse material deverá ser entregue no dia 23/06 quando faremos a avaliação sobre esse conteúdo.

Pessoal, este Vídeo é complementar ao nosso conteúdo, é mais que legal... Não deixem de assistir e deixar os comentários... Vale também para o Ensino Médio, quem vai para às cidades Históricas não pode deixar de assistir!


Beijinhos Historiográficos : )

quinta-feira, 29 de maio de 2014

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Roteiro de Estudos 6˚ano A: Avaliação Trimestral

Olá pessoal, seguem as questões para organizar o roteiro de Estudos de vocês. Avaliação: 02/06. Estudem muito!

Segue o roteiro de estudos, o qual deverá ser feito no caderno;
Capítulo 7:
1 Analise o mapa e escreva o nome dos respectivos continentes pelos quais o homem se instalou.
2)  Como é possível explicar a existência de grupos humanos em todos os continentes do mundo?
3) Explique as duas diferentes teorias para o povoamento da América levando em conta os seguintes aspectos:
a) Nome da teoria;
b) De onde vieram? Descreva o percurso.
c) Como vieram? Descreva.
d) Onde se instalaram?
e) Quais os vestígios que comprovam essa teoria?

Capítulo8: Povoadores do atual território brasileiro

4) Cite e caracterize os 3 principais povos responsáveis pelo povoamento do território brasileiro.
5) Descreva o que ocorreu com a população indígena após o contato com os europeus colonizadores.
6) O que é etnocentrimo? Relacione-o ao contato entre índios e europeus.

Capítulos 9 e 10: Os Incas

7) Qual a localização do antigo império inca?
8) Por que podemos usar palavras como império e civilização para definir esse povo?
9) Explique o que eram e a importância dos ayllus.
10) Explique como funcionava a reciprocidade e sua importância para manter a paz no império.
11) Como o inca garantia o controle sobre o império? Explique.
12) Por que podemos afirmar que a política Inca era Teocrática?
13) Dê exemplos da engenhosidade e criatividade do povo inca. (mínimo 2)

Fica a dica do vídeo abaixo para facilitar o estudo! Caprichem!



 

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Palestra Ditadura Militar: 50 anos do golpe

Queridos pais que estiveram presentes,

Obrigado pelo carinho, atenção e tempo dedicados a me ouvir. Sinto-me honrada pela presença de vocês. Seguem os links como prometi:

Para o Quiz e descobrir seu posicionamento político diante dos acontecimentos do período:
http://educacao.uol.com.br/infograficos/2014/cinquenta-anos-do-golpe-de-64/

Para ouvir a notícia da morte de Vladimir Herzog:
http://www.jblog.com.br/hojenahistoria.php?itemid=30169

Para conhecer mais sobre as muitas vítima e ter um panorama geral sobre o regime:
http://arte.folha.uol.com.br/especiais/2014/03/23/o-golpe-e-a-ditadura-militar/o-acerto-de-contas.html

Novamente obrigado pela presença.


quarta-feira, 14 de maio de 2014

Manual da Idade Média: Sugestões

Olá pessoal dos 7˚s anos:
Depois de muito planejamento e pesquisa, está na hora de organizarmos as informações sobre a Idade Média e criarmos os blogs ou sites dos grupos. Fiz uma seleção de sites, blogs, para melhor auxilia-los nessa etapa de criação.

Sites:
Glória da Idade Média: O blog abaixo é muito bonito, com ótimas imagens e a divisão segue o que pensamos em aula: as ferramentas: castelos, catedral, cidade, podem servir para os cartões postais. Já contos, cruzadas, símbolos, heróis para as demais solicitações.
http://gloriadaidademedia.blogspot.com.br
Para aqueles que estão com dificuldades em localizar músicas: http://castelosmedievais.blogspot.com.br/p/musica-nos-castelos.html
Revistas:
Mundo estranho:
História Viva: Informações para escolher! http://www2.uol.com.br/historiaviva/busca/resultados.html?domains=http%3A%2F%2Fwww2.uol.com.br%2Fhistoriaviva&q=Idade%2BMedia&sa=buscar&sitesearch=http%3A%2F%2Fwww2.uol.com.br%2Fhistoriaviva&client=pub-8233132566218081&forid=1&channel=7732333306&ie=ISO-8859-1&oe=ISO-8859-1&cof=GALT%3A%23CC0000%3BGL%3A1%3BDIV%3A%23336699%3BVLC%3A663399%3BAH%3Acenter%3BBGC%3AFFFFFF%3BLBGC%3A336699%3BALC%3ACC0000%3BLC%3ACC0000%3BT%3A0066CC%3BGFNT%3ACC0000%3BGIMP%3ACC0000%3BFORID%3A11&hl=pt
Revista Aventuras na História: http://guiadoestudante.abril.com.br/aventuras-historia/busca/?qu=Idade%20M%E9dia

Cartões Postais:
Informações gerais:
Local:
Ano da construção:                                   Tempo de Construção:
Estilo Arquitetônico Predominante:
Curiosidades: (informações bem legais, que convidem as pessoas à visitarem o local)

Dicas de locais:

Glória da Idade Média com os links já indicados acima: castelos, catedrais, cidades...
Acabei de elogiar, mas esse material é realmente bom, o autor organizou visitas 360˚ pelas principais catedrais medievais europeias, vocês podem escolher 1 e realizar a pesquisa acima solicitada: http://catedraismedievais.blogspot.com.br/p/360.html

Notre Dame:
Após fazerem a arte em formato de cartão postal, que escolher Notre Dame, pode utilizar o material abaixo, como link, já que traz mais imagens e visualizações em 360˚ da catedral e arredores. Não deixem de conferir! http://www.fromparis.com/virtual-tour-notre-dame/
No site oficial da catedral vocês também encontram a música tocada no órgão da Igreja, cliquem na lateral, onde aparece a imagem do cd: http://www.musique-sacree-notredamedeparis.fr
Mais um tour 360˚ externo: http://www.planetadigital360.com/tour/paris/notredame/index.html
Vista interna: imperdível: http://www.360cities.net/image/france-paris-notre-dame-cathedral#-213.30,-90.00,55.0

http://www2.uol.com.br/historiaviva/artigos/notre-dame_850_anos.html

Catedral de Milão:
http://www.360cities.net/image/cathedral-piazza-del-duomo-milano#0.00,0.00,70.0

Heróis: Muitos cavaleiros destemidos se tornaram heróis, sua pesquisa nesse item será cheia de curiosidades que o grupo nem imaginava. Aqui vão algumas dicas:
Que tal saber mais sobre São Jorge? Famoso por matar o dragão, valente... eu gosto muito dessa história, apesar dele ser o santo protetor dos corintianos... acho que nem ele gostaria disso, afinal... rsss
Material excelente no link da Revista História Viva: 

E que tal uma Santa Guerreira? Joana D'Arc
http://guiadoestudante.abril.com.br/aventuras-historia/busca/?qu=Idade%20M%E9dia


Filmes:
Muitos são os filmes que retratam a Idade Média, em geral, eu adoro todos eles. Aventuras, suspenses, guerras, romances. Aliás, como não gostar dos cavaleiros e seus ideais de bravura?

1) Robin Hood: as duas versões são muito boas, a primeira e mais antiga, com Kevin Costner, chega muito próxima ao romance que adoramos, com um Robin herói que rouba dos ricos e alimenta os excluídos moradores da floresta e aldeões das redondezas. A versão mais recente com ótimos atores: Russel Crowe e Kate Blanchet, mostra um Robin Hood mais próximo à realidade medieval, aquele que luta por defender sua terra e família.


Outras informações:
- Livros: - Imagem da capa do livro, resumo (feito pelos alunos); comentários, adequações.
- Receita: uhummm a parte gostosa, eu iria adorar se algum grupo arriscar preparar a receita para a apresentação do material!
- Arte: Tipos de Arte (iluminuras, construções, quadros, vitrais: escolham um tipo de arte e ampliem as pesquisas. Esse tema é muito rico, usem muitas e imagens!)
- Brincadeiras: Jogos, diversões.USEM O LIVRO QUE DISPONIBILIZEI EM PDF: Como seria sua vida na Idade Média? (Quem não tiver mais o arquivo, me procure.)
-Música:


Roteiro para a Avaliação Trimestral:
Capítulos 6: A Idade Média na Europa: dez séculos de altos e baixos;
Capítulo 7: O encontro das diferenças

      1)   Preencha a tabela com características da Alta e da Baixa Idade Média, atenção à diferenciação entre os períodos, capriche!!!
     
     Alta Idade Média
      Baixa Idade Média




















       2) Cite as principais causas do aumento demográfico na Europa e suas consequências. (páginas 105 a 107)
      3)    Por que Jerusalém é vista como sagrada pelas 3 grandes religiões monoteístas (página 108)
3    4)   Cite e explique os interesses de Urbano II ao proclamar às Cruzadas sob o aspecto: (páginas 109 e 110)
       a) Religioso;
       b) demográfico;
       c) financeiro.
      5)   Relacione:
      a)    Cruzadas e Comércio (página 111)
      b)   Cruzadas e fanatismo religioso ( página 117)
     c)   Como a história das Cruzadas chega aos alunos árabes? (páginas 120 e 121)
     d)   Quais as consequências diretas das Cruzadas?
      6) Descreva como a vida das pessoas que viviam na Europa mudou após as Cruzadas (página 123) 

   7) Explique o papel das cidades do sul da Itália no processo de Renascimento Comercial. (págs 124 e 125)
      8) O que eram as feiras? Como elas funcionavam? (páginas 125 e 126) 
      9) Por que usa-se a expressão Renascimento Urbano? (página 127) 
      10) Descreva o processo de Nascimento de uma cidade (página 127) 
      11) Explique o ditado alemão: O ar da cidade liberta o homem" (página128)

1˚ano: da Queda de Roma à Baixa Idade Média: Muuuita Coisa!

Olá Primeiro Ano,
Seguem abaixo as três apresentações sobre a Idade Média, desde às invasões bárbaras até a  Alta e Baixa. Coloquei os slides do 3˚ano, pois são mais leves. Quem quiser o meu material de aula, pesado e completo, leve o pendrive na próxima aula. Os exercícios sobre as invasões e o Império Carolíngio devem ser feitas em folha separada e, LÓGICO, valem nota. Entrega: 21/05
Slides e exercícios adicionais:



A imagem Bárbara

         François Hartog, historiador francês, dedicou especificamente um de seus trabalhos à compreensão do "outro" pelo inimigo. Em O espelho de Heródoto, uma de suas obras mais reconhecidas, Hartog analisa a forma de compreender o mundo que os gregos tinham, especificamente a de Heródoto, historiador de Halicarnasso. Em especial, o estudioso francês estudou como os gregos se portavam diante da alteridade dos povos vizinhos(os citas, os egípcios, os fenícios, os persas etc.), buscado entender como, na época clássica, os helenos falavam de si próprios e dos outros, os não gregos. 
        Heródoto escreveu fartamente sobre as Guerras Médicas (o longo conflito entre persas e os gregos). Em seu texto, escrito há mais de 2 mil anos, Heródoto se ocupou da representação dos persas para seis leitores gregos: caracterizou-os como inimigos terríveis para os atenienses e espartanos, eram selvagens, criaturas para além da humanidade, bárbaros. 
       Apesar de dignos de admiração por algumas das qualidades, os persas, os persas não eram contemplados como seres "iguais" pelo historiador grego.
      Vemos tratamento muito similar quando lemos o texto de Tácito a respeito dos povos germânicos. No complexo jogo da representação do "outro", daquele que não sou eu, é recorrente a projeção daquilo que é nossa visão da bestialidade. Em outras palavras, o que descrevem não é o "outro" em si, mas aquilo que não reconhecemos em nós, nossa visão de monstruosidade atribuída ao outro. 
       Pensando nisso, é possível dizer que, apesar das inúmeras diferenças entre aqueles que são considerados povos bárbaros, criou-se um pastiche sobre a representação do bárbaro na cultura ocidental. Isso não ocorreu por acaso, a maior parte das informações que temos sobre os "bárbaros" nos chegou por meio de relatos romanos (seus rivais, em muitos aspectos) Vikings, celtas, povos germânicos são normalmente associados à violência e ao espírito guerreiro. Em outras palavras, o ser bárbaro da cultura ocidental está longe do universo letrado e, por isso, se circunscreve em um jogo descritivo que o tende a inferiorizá-lo.

Átila: O Huno -Para saber mais
http://www2.uol.com.br/historiaviva/artigos/atila_o_huno_um_animal_politico.html

Exercícios:
1) As três imagens, a seguir, mostram cenas em que aparecem retratados povos bárbaros. Qual a noção do que é bárbaro está sendo construída por essas imagens? Quando essa representação começou a ser criada? Apresente 3 argumentos e os justifique.

"Hagar, o Horrível", personagem criado em uma tira em quadrinhos criada por Dick Browne em 1973

O ator Arnold Schwazenegger como Conan, o bárbaro, filme norte-americano de muito sucesso no cinema dos anos 80

Cena do filme: "Asterix e Obelix e os Vikings", famosa série de histórias em quadrinhos criada em 1959, na França, por Albert Uderzo e René Goscinny, aqui transportada para o cinema.

2) A imagem abaixo é uma iluminura medieval, mostra o exato momento da coroação de Carlos Magno, considerado o maior dos comandantes dos francos. Interprete a imagem, explicando uma das características do reino dos francos. 
3) Explique a importância da união entre Carlos Magno e a Igreja Católica. 

FERREIRA, João Paulo Hidalgo. “Nova história integrada”: ensino médio: volume único: manual do professor / João Paulo Hidalgo Ferreira, Luiz Estavam de Oliveira Fernandes. – Campinas, SP: Companhia da Escola, 2005.