Fórum Romano

Fórum Romano

segunda-feira, 28 de julho de 2014

6˚ano: A Maldição da Múmia...

A Maldição da Múmia

E aí pessoal, aproveitando muuuito? Eu também!
Como prometi, segue o vídeo que falei para vocês! Quantas coincidências... será que a maldição existe mesmo???
Nesse Link: Rei Tut: segredos de família Exames de DNA revelam a verdade sobre os pais do faraó-menino Tutankhamon e novas pistas de sua morte prematura você poderá ver imagens sobre a múmia do faraó e acompanhar informações sobre sua autópsia e descobertas sobre sua família. Aproveitem e depois me contem do que mais gostaram!

Para curiosidades sobre a vida de Tut: http://viajeaqui.abril.com.br/materias/os-segredos-do-rei-tut


Beijinhos historiográficos!


domingo, 15 de junho de 2014

8˚ano: Jovens Brasileiros

Olá pessoal;

Conforme combinado segue para auxilia-los um roteiro de análise histórica para os contos selecionados:

1˚Conto: O Bandeirismo em São Paulo

O foco central nesse conto é a vida do garoto Macário, que sonhava em ser bandeirante, na pequena cidade de São Paulo de Piratininga, local de onde partiam as bandeiras;
Ao realizarem a análise desse conto, atentem-se à organizacão de uma bandeira, aos perigos oferecidos pela mata e a dificuldade de localização no sertão (entenda-se por sertão tudo aquilo que estava distante do litoral)

2˚Conto: A Febre do Ouro em Minas

Com muita relação com o conteúdo que trabalhamos em sala, esse conto traz detalhes sobre a vida na região mineradora, desde a exploração inicial do ouro no aluvião, até o momento em que a mina era registrada e o início oficial da exploração. 
A família de Filipe vive nesse contexto e precisa sobreviver, dessa forma, passam de exploradores a comerciantes. Atemtem-se aos fatos sobre a formação e organização do arraial, a cobrança de impostos e os mecanismos para facilitar o contrabando.
O papel social de cada personagem retratado, o topeiro, o minerador, a negra escrava de ganho...
A página 60, que contém informações adicionais, deve ser lida com atenção.

Não se esqueçam, esse material deverá ser entregue no dia 23/06 quando faremos a avaliação sobre esse conteúdo.

Pessoal, este Vídeo é complementar ao nosso conteúdo, é mais que legal... Não deixem de assistir e deixar os comentários... Vale também para o Ensino Médio, quem vai para às cidades Históricas não pode deixar de assistir!


Beijinhos Historiográficos : )

quinta-feira, 29 de maio de 2014

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Roteiro de Estudos 6˚ano A: Avaliação Trimestral

Olá pessoal, seguem as questões para organizar o roteiro de Estudos de vocês. Avaliação: 02/06. Estudem muito!

Segue o roteiro de estudos, o qual deverá ser feito no caderno;
Capítulo 7:
1 Analise o mapa e escreva o nome dos respectivos continentes pelos quais o homem se instalou.
2)  Como é possível explicar a existência de grupos humanos em todos os continentes do mundo?
3) Explique as duas diferentes teorias para o povoamento da América levando em conta os seguintes aspectos:
a) Nome da teoria;
b) De onde vieram? Descreva o percurso.
c) Como vieram? Descreva.
d) Onde se instalaram?
e) Quais os vestígios que comprovam essa teoria?

Capítulo8: Povoadores do atual território brasileiro

4) Cite e caracterize os 3 principais povos responsáveis pelo povoamento do território brasileiro.
5) Descreva o que ocorreu com a população indígena após o contato com os europeus colonizadores.
6) O que é etnocentrimo? Relacione-o ao contato entre índios e europeus.

Capítulos 9 e 10: Os Incas

7) Qual a localização do antigo império inca?
8) Por que podemos usar palavras como império e civilização para definir esse povo?
9) Explique o que eram e a importância dos ayllus.
10) Explique como funcionava a reciprocidade e sua importância para manter a paz no império.
11) Como o inca garantia o controle sobre o império? Explique.
12) Por que podemos afirmar que a política Inca era Teocrática?
13) Dê exemplos da engenhosidade e criatividade do povo inca. (mínimo 2)

Fica a dica do vídeo abaixo para facilitar o estudo! Caprichem!



 

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Palestra Ditadura Militar: 50 anos do golpe

Queridos pais que estiveram presentes,

Obrigado pelo carinho, atenção e tempo dedicados a me ouvir. Sinto-me honrada pela presença de vocês. Seguem os links como prometi:

Para o Quiz e descobrir seu posicionamento político diante dos acontecimentos do período:
http://educacao.uol.com.br/infograficos/2014/cinquenta-anos-do-golpe-de-64/

Para ouvir a notícia da morte de Vladimir Herzog:
http://www.jblog.com.br/hojenahistoria.php?itemid=30169

Para conhecer mais sobre as muitas vítima e ter um panorama geral sobre o regime:
http://arte.folha.uol.com.br/especiais/2014/03/23/o-golpe-e-a-ditadura-militar/o-acerto-de-contas.html

Novamente obrigado pela presença.


quarta-feira, 14 de maio de 2014

Manual da Idade Média: Sugestões

Olá pessoal dos 7˚s anos:
Depois de muito planejamento e pesquisa, está na hora de organizarmos as informações sobre a Idade Média e criarmos os blogs ou sites dos grupos. Fiz uma seleção de sites, blogs, para melhor auxilia-los nessa etapa de criação.

Sites:
Glória da Idade Média: O blog abaixo é muito bonito, com ótimas imagens e a divisão segue o que pensamos em aula: as ferramentas: castelos, catedral, cidade, podem servir para os cartões postais. Já contos, cruzadas, símbolos, heróis para as demais solicitações.
http://gloriadaidademedia.blogspot.com.br
Para aqueles que estão com dificuldades em localizar músicas: http://castelosmedievais.blogspot.com.br/p/musica-nos-castelos.html
Revistas:
Mundo estranho:
História Viva: Informações para escolher! http://www2.uol.com.br/historiaviva/busca/resultados.html?domains=http%3A%2F%2Fwww2.uol.com.br%2Fhistoriaviva&q=Idade%2BMedia&sa=buscar&sitesearch=http%3A%2F%2Fwww2.uol.com.br%2Fhistoriaviva&client=pub-8233132566218081&forid=1&channel=7732333306&ie=ISO-8859-1&oe=ISO-8859-1&cof=GALT%3A%23CC0000%3BGL%3A1%3BDIV%3A%23336699%3BVLC%3A663399%3BAH%3Acenter%3BBGC%3AFFFFFF%3BLBGC%3A336699%3BALC%3ACC0000%3BLC%3ACC0000%3BT%3A0066CC%3BGFNT%3ACC0000%3BGIMP%3ACC0000%3BFORID%3A11&hl=pt
Revista Aventuras na História: http://guiadoestudante.abril.com.br/aventuras-historia/busca/?qu=Idade%20M%E9dia

Cartões Postais:
Informações gerais:
Local:
Ano da construção:                                   Tempo de Construção:
Estilo Arquitetônico Predominante:
Curiosidades: (informações bem legais, que convidem as pessoas à visitarem o local)

Dicas de locais:

Glória da Idade Média com os links já indicados acima: castelos, catedrais, cidades...
Acabei de elogiar, mas esse material é realmente bom, o autor organizou visitas 360˚ pelas principais catedrais medievais europeias, vocês podem escolher 1 e realizar a pesquisa acima solicitada: http://catedraismedievais.blogspot.com.br/p/360.html

Notre Dame:
Após fazerem a arte em formato de cartão postal, que escolher Notre Dame, pode utilizar o material abaixo, como link, já que traz mais imagens e visualizações em 360˚ da catedral e arredores. Não deixem de conferir! http://www.fromparis.com/virtual-tour-notre-dame/
No site oficial da catedral vocês também encontram a música tocada no órgão da Igreja, cliquem na lateral, onde aparece a imagem do cd: http://www.musique-sacree-notredamedeparis.fr
Mais um tour 360˚ externo: http://www.planetadigital360.com/tour/paris/notredame/index.html
Vista interna: imperdível: http://www.360cities.net/image/france-paris-notre-dame-cathedral#-213.30,-90.00,55.0

http://www2.uol.com.br/historiaviva/artigos/notre-dame_850_anos.html

Catedral de Milão:
http://www.360cities.net/image/cathedral-piazza-del-duomo-milano#0.00,0.00,70.0

Heróis: Muitos cavaleiros destemidos se tornaram heróis, sua pesquisa nesse item será cheia de curiosidades que o grupo nem imaginava. Aqui vão algumas dicas:
Que tal saber mais sobre São Jorge? Famoso por matar o dragão, valente... eu gosto muito dessa história, apesar dele ser o santo protetor dos corintianos... acho que nem ele gostaria disso, afinal... rsss
Material excelente no link da Revista História Viva: 

E que tal uma Santa Guerreira? Joana D'Arc
http://guiadoestudante.abril.com.br/aventuras-historia/busca/?qu=Idade%20M%E9dia


Filmes:
Muitos são os filmes que retratam a Idade Média, em geral, eu adoro todos eles. Aventuras, suspenses, guerras, romances. Aliás, como não gostar dos cavaleiros e seus ideais de bravura?

1) Robin Hood: as duas versões são muito boas, a primeira e mais antiga, com Kevin Costner, chega muito próxima ao romance que adoramos, com um Robin herói que rouba dos ricos e alimenta os excluídos moradores da floresta e aldeões das redondezas. A versão mais recente com ótimos atores: Russel Crowe e Kate Blanchet, mostra um Robin Hood mais próximo à realidade medieval, aquele que luta por defender sua terra e família.


Outras informações:
- Livros: - Imagem da capa do livro, resumo (feito pelos alunos); comentários, adequações.
- Receita: uhummm a parte gostosa, eu iria adorar se algum grupo arriscar preparar a receita para a apresentação do material!
- Arte: Tipos de Arte (iluminuras, construções, quadros, vitrais: escolham um tipo de arte e ampliem as pesquisas. Esse tema é muito rico, usem muitas e imagens!)
- Brincadeiras: Jogos, diversões.USEM O LIVRO QUE DISPONIBILIZEI EM PDF: Como seria sua vida na Idade Média? (Quem não tiver mais o arquivo, me procure.)
-Música:


Roteiro para a Avaliação Trimestral:
Capítulos 6: A Idade Média na Europa: dez séculos de altos e baixos;
Capítulo 7: O encontro das diferenças

      1)   Preencha a tabela com características da Alta e da Baixa Idade Média, atenção à diferenciação entre os períodos, capriche!!!
     
     Alta Idade Média
      Baixa Idade Média




















       2) Cite as principais causas do aumento demográfico na Europa e suas consequências. (páginas 105 a 107)
      3)    Por que Jerusalém é vista como sagrada pelas 3 grandes religiões monoteístas (página 108)
3    4)   Cite e explique os interesses de Urbano II ao proclamar às Cruzadas sob o aspecto: (páginas 109 e 110)
       a) Religioso;
       b) demográfico;
       c) financeiro.
      5)   Relacione:
      a)    Cruzadas e Comércio (página 111)
      b)   Cruzadas e fanatismo religioso ( página 117)
     c)   Como a história das Cruzadas chega aos alunos árabes? (páginas 120 e 121)
     d)   Quais as consequências diretas das Cruzadas?
      6) Descreva como a vida das pessoas que viviam na Europa mudou após as Cruzadas (página 123) 

   7) Explique o papel das cidades do sul da Itália no processo de Renascimento Comercial. (págs 124 e 125)
      8) O que eram as feiras? Como elas funcionavam? (páginas 125 e 126) 
      9) Por que usa-se a expressão Renascimento Urbano? (página 127) 
      10) Descreva o processo de Nascimento de uma cidade (página 127) 
      11) Explique o ditado alemão: O ar da cidade liberta o homem" (página128)

1˚ano: da Queda de Roma à Baixa Idade Média: Muuuita Coisa!

Olá Primeiro Ano,
Seguem abaixo as três apresentações sobre a Idade Média, desde às invasões bárbaras até a  Alta e Baixa. Coloquei os slides do 3˚ano, pois são mais leves. Quem quiser o meu material de aula, pesado e completo, leve o pendrive na próxima aula. Os exercícios sobre as invasões e o Império Carolíngio devem ser feitas em folha separada e, LÓGICO, valem nota. Entrega: 21/05
Slides e exercícios adicionais:



A imagem Bárbara

         François Hartog, historiador francês, dedicou especificamente um de seus trabalhos à compreensão do "outro" pelo inimigo. Em O espelho de Heródoto, uma de suas obras mais reconhecidas, Hartog analisa a forma de compreender o mundo que os gregos tinham, especificamente a de Heródoto, historiador de Halicarnasso. Em especial, o estudioso francês estudou como os gregos se portavam diante da alteridade dos povos vizinhos(os citas, os egípcios, os fenícios, os persas etc.), buscado entender como, na época clássica, os helenos falavam de si próprios e dos outros, os não gregos. 
        Heródoto escreveu fartamente sobre as Guerras Médicas (o longo conflito entre persas e os gregos). Em seu texto, escrito há mais de 2 mil anos, Heródoto se ocupou da representação dos persas para seis leitores gregos: caracterizou-os como inimigos terríveis para os atenienses e espartanos, eram selvagens, criaturas para além da humanidade, bárbaros. 
       Apesar de dignos de admiração por algumas das qualidades, os persas, os persas não eram contemplados como seres "iguais" pelo historiador grego.
      Vemos tratamento muito similar quando lemos o texto de Tácito a respeito dos povos germânicos. No complexo jogo da representação do "outro", daquele que não sou eu, é recorrente a projeção daquilo que é nossa visão da bestialidade. Em outras palavras, o que descrevem não é o "outro" em si, mas aquilo que não reconhecemos em nós, nossa visão de monstruosidade atribuída ao outro. 
       Pensando nisso, é possível dizer que, apesar das inúmeras diferenças entre aqueles que são considerados povos bárbaros, criou-se um pastiche sobre a representação do bárbaro na cultura ocidental. Isso não ocorreu por acaso, a maior parte das informações que temos sobre os "bárbaros" nos chegou por meio de relatos romanos (seus rivais, em muitos aspectos) Vikings, celtas, povos germânicos são normalmente associados à violência e ao espírito guerreiro. Em outras palavras, o ser bárbaro da cultura ocidental está longe do universo letrado e, por isso, se circunscreve em um jogo descritivo que o tende a inferiorizá-lo.

Átila: O Huno -Para saber mais
http://www2.uol.com.br/historiaviva/artigos/atila_o_huno_um_animal_politico.html

Exercícios:
1) As três imagens, a seguir, mostram cenas em que aparecem retratados povos bárbaros. Qual a noção do que é bárbaro está sendo construída por essas imagens? Quando essa representação começou a ser criada? Apresente 3 argumentos e os justifique.

"Hagar, o Horrível", personagem criado em uma tira em quadrinhos criada por Dick Browne em 1973

O ator Arnold Schwazenegger como Conan, o bárbaro, filme norte-americano de muito sucesso no cinema dos anos 80

Cena do filme: "Asterix e Obelix e os Vikings", famosa série de histórias em quadrinhos criada em 1959, na França, por Albert Uderzo e René Goscinny, aqui transportada para o cinema.

2) A imagem abaixo é uma iluminura medieval, mostra o exato momento da coroação de Carlos Magno, considerado o maior dos comandantes dos francos. Interprete a imagem, explicando uma das características do reino dos francos. 
3) Explique a importância da união entre Carlos Magno e a Igreja Católica. 

FERREIRA, João Paulo Hidalgo. “Nova história integrada”: ensino médio: volume único: manual do professor / João Paulo Hidalgo Ferreira, Luiz Estavam de Oliveira Fernandes. – Campinas, SP: Companhia da Escola, 2005.




domingo, 4 de maio de 2014

1˚ano Roma

Gente, o material abaixo é do 3˚ano, mas vai ter que ser esse mesmo, pois minha internet é magnífica e não mantém conexão tempo suficiente pra eu carregar os arquivos mais pesados (maus pensamentos, mas bem maus...) Coloquei uma lista com 18 exercícios, calma, sem maus pensamentos   direcionados a mim) esse assunto é muito importante e denso, vocês precisarão fazer todos, mas vou selecionar alguns para entregar. Combino com vocês na terça.


8˚ano A: Correção dos exercícios que faltavam: Iluminismo

Pessoal, seguem as repostas do material que faltava ser corrigido. Vale destacar a importância desse conteúdo, portanto, corrijam! 


9˚ano: Correção de exercícios e solicitação de atividade extra

Olá galera,

Eis que retorno após um longo e tenebroso período de avaliações e recuperações!!! Como combinamos seguem as correções dos exercícios da Apostila 1, capítulo 4: República Velha e mais a solicitação de atividades sobre a Crise de 1929, como combinamos.
Correções:


Solicitação de exercícios:
Verifiquem os slides no Slideshare:
Os exercícios solicitados também estão lá, o site é prático e seguro, façam o cadastro e o download do arquivo, quem preferir, pode me entregar apenas as respostas, ok?
As fotografias de Dorothea Lange estão no material em anexo, mas vocês podem ampliar a busca na internet.
Datas de entrega dessa atividade: vou marcar em cada sala, levando em conta a organização de nosso calendário, ok?

Beijinhos historiográficos.

Crise de 1929:

              As fotografias abaixo foram produzidas em 1936 pela fotografa Dorothea Lange, a serviço do governo norte-americano. Seu título é: “Mãe Migrante”. A primeira foto ficou mundialmente conhecida e  representa toda a miséria do período, trata-se de uma série de fotografias de Florence Owens Thompson e seus filhos, em fevereiro ou março de 1936, em Nipomo, na Califórnia.
             Dorothea Lange nasceu em 1895 e faleceu em 1965. Na década de 1930, foi contratada pelo governo norte-americano para percorrer o Sul e o Oeste do país, em busca de imagens que documentassem a Grande Depressão, sobretudo entre as populações camponesas que obrigadas a abandonar suas terras, migravam em busca de trabalho. O objetivo das imagens era tanto realizar um registro histórico, quanto obter subsídios para desenvolver ações de combate ao desemprego e à pobreza.

            No momento em que essa série de fotografias foi tirada, Florence Thompson tinha 32 anos, sete filhos, seu marido havia falecido no ano anterior e ela informou a fotógrafa que sobrevivia dos vegetais congelados dos campos e dos pássaros que os filhos matavam.
1) Descreva o ambiente;
2) Identifique e descreva as personagens;
3) Identifique e descreva os objetos;
4) Descrevam as ações retratadas;
5) Como o título pode nos ajudar a compreender a cena?
6) Que conclusões podemos estabelecer sobre a sociedade norte-americana, a partir destas fotografias?
7) Escolha nos slides outra fotografia de Dorothea Lange, realize o mesmo procedimento já realizado com as imagens indicadas.
8) Você deverá escrever um texto histórico sobre a Grande Depressão e seus efeitos sociais.
Lembre-se: Um texto desse gênero exige uma linguagem impessoal e objetiva, além disso, normalmente apresenta-se em 3 partes: a introdução, na qual é apresentada a ideia central, o desenvolvimento, que fundamenta ou desenvolve a ideia principal, baseado em dados históricos; e a conclusão, que deve conter uma síntese.




quinta-feira, 20 de março de 2014

Roteiro de Estudos: Avaliações Trimestrais

É galera, não tem jeito... elas estão chegando, as temidas Trimestrais... precisamos estudar muito para garantirmos um bom resultado, seguem os roteiros de estudo. Caprichem! 


6˚ano: 

              


Capítulo 1: Saber levantar hipóteses a partir de textos e informações levantadas;
Capítulo 2: - Conhecer os diferentes vestígios materiais utilizados pelo arqueólogo em suas pesquisas,
1) Como é o trabalho do arqueólogo ?
2) Por que, a partir das pesquisas arqueológicas, o conhecimento do passado pode mudar?
3) O que são considerados vestígios materiais? 

Capítulo 3: - O trabalho do historiador;
4) O que são e quais os tipos de fontes históricas?
5) Como o historiador constrói o relato histórico? 

Capítulo 4: Viajando pela Pré-História: a origem do homem;
6) Como o mito e a religião explicam a origem do homem?
7) Explique como ocorreu o  processo de hominização. (Já realizamos essa atividade no caderno, você pode reescrever ou utilizar o texto que já produziu)
8)TR página 119: Cite as diferenças entre o homo e o australopithecus (Transcreva as informações para o caderno)

Capítulo 5: O modo de vida dos primeiros grupos humanos:
9) Explique como descoberta do fogo e a colaborou para melhoria no modo de vida do homem pré-histórico; (exercício já realizado no caderno: mesmo caso do anterior)
10) Explique o que significa e a que período da pré-história correspondem os conceitos abaixo; 
a) nômade; 
b) sedentário; 
11) Explique como a descoberta da agricultura no período neolítico melhorou/facilitou a vida humana;
12) Caracterize os períodos da pré-história: paleolítico, neolítico e Idade dos Metais (utilize o caderno, no meu mapa conceitual já organizei essas informações !)

O Vídeo abaixo é um interessante documentário sobre o processo de migração humana, quem tiver um tempinho vale muito a pena!


Bom Estudo para todos!



7˚ano: 
Capítulo 2: Os Romanos e os Bárbaros: 

1) Quem eram os chamados povos bárbaros?
2) Explique as razões da Queda do Império Romano do Ocidente;
3) Diferencie a cultura bárbara da cultura romana;
4) O feudalismo, que marcou a Europa Ocidental durante a Idade Média, resultou duas heranças distintas, a romana e a germânica. Explique cada uma delas.

Capítulo 3: Árabes:uma civilização, um profeta, uma nova religião:

5. Diferencie o sistema econômico islâmico e o medieval.
6. Estabeleça 1 semelhança entre o islamismo e o cristianismo.
7. Cite três obrigações estabelecidas por Maomé aos muçulmanos.
8. Cite e explique as causas e as consequências da expansão islâmica.
9. Relacione a expansão islâmica ao fechamento da Europa.  

Capítulos 4 e 5: O Feudalismo e a Sociedade Medieval: 
10. O feudo era a principal unidade de produção da Idade Média.
a) Como se dividia o feudo?
b) Explique a função de cada uma das partes do feudo.
c) O que significa dizer que a economia do feudo era autossuficiente? Explique.

11) A "corveia" e a "talha" estavam entre as "exigências econômicas" dos senhores em relação ao servos. Esclareça no que consistiam.
12) O que diferencia a servidão da vassalagem?
13) Descreva a vida de cada uma das classes sociais da Idade Média. Por que essa sociedade poderia ser chamada de estamental?
14) Estabeleça a importância da Igreja católica para a manutenção da ordem social na Idade Média.



8˚ano: A Europa Moderna

Capítulo 1:
1) Descreva o processo  e a quem interessava a centralização política na Europa;
TR: 2) Explique a frase: "Embora houvesse reis na Europa, o poder político era exercido pelos senhores feudais."
3) Diferencie as nações dos feudos;

Capítulo 2:

4) Defina:
a) Absolutismo.
b) Personalismo;
c) Patrimonialismo;
5) TR (104) Explique quais mecanismos o rei Luis XIV utilizava para exercer seus poderes de forma irrestrita, ou seja, absoluta.
6) Diferencie o absolutismo francês do absolutismo inglês;
7) Diferencie a monarquia Tudor da Monarquia Stuart na Inglaterra; utilize a tabela da TR página: 104.

Capítulo 3:
8) O que significa mercantilismo? De que forma essa prática econômica se aplicava aos reis modernos?

9)Leia os fragmentos e faça o que se pede:

10) TR (modelo de exercício como o da página 114) O Mercantilismo compreendia uma complexa legislação aplicada pelo Estado, em um momento ou outro, para promover a propriedade e conseguir riqueza e poder. Associe as práticas mercantilistas às suas definições: 

a)   Industrialismo
b)  Balança de comercial favorável
c)  Metalismo
d)  Monopólio (Pacto Colonial ou Colonialismo)
e)  Estímulo ao comércio

(    )  Veneza, 13 de dezembro de 1596. O Rei da Espanha ordenou severamente que nenhum ouro ou prata seja exportado do reino ou usado com objetivos de comércio (The Fugger Bews Letter)
(    )  Na França, não só se estimulava o comércio pelos prêmios e tarifas elevadas, como se procurava, de todos os modos possíveis, atrair trabalhadores habilidosos, capazes de introduzir no país novos ofícios e métodos na indústria de luxo.(Léo Huberman - História da Riqueza do Homem.)
(    )   Quando Jehan de Bras de Fer inventou um novo tipo de moinho, em 1611, o governo concedeu-lhe direitos semelhantes às patentes de hoje: "Permitimos que ele e seus associados construam os moinhos de acordo com sua dita invenção, em todas as cidades e aldeias de nosso reinado"...
                   ( Tudor Economic Documents, p. 249.) 
(    )   Negócio, portanto, era exportar mercadorias de valor e importar apenas o necessário, recebendo o saldo em dinheiro somente. A diferença no valor de suas exportações, em relação às importações, teria de ser paga em metal. (Léo Huberman - História da Riqueza do Homem.)

11) Sobre o mercantilismo, assinale o que for correto. 
a)  As práticas mercantilistas foram uniformes nos países europeus ao longo dos sécu-
los XVI e XVII, o que lhes possibilitou um crescimento econômico homogêneo. 
b. O mercantilismo, diferentemente da fisiocracia, não nasceu como escola. Resultou
do confronto de escolas, princípios e teorias. 
c. Entre seus objetivos destaca-se a busca da riqueza nacional – do Estado e de seus
súditos.
d) Entre seus interesses está a defesa do Estado nacional contra o internacionalismo
presente na filosofia e na prática política do período medieval. 
e. Alguns teóricos mercantilistas afirmavam que a felicidade do homem estava na ri-
queza, e a riqueza, no trabalho.

Justifique sua escolha.

Capítulo 4: Utilize a tabela da página 123 como roteiro;

12) Relacione o descontentamento dos burgueses ao governo dos reis Stuart na Inglaterra.
13) De que maneira a Revolução Puritana serviu como exemplo para outros países europeus?
14) Qual a principal característica da Revolução Gloriosa, explique como as mudanças por ela estabelecidas mudaram os rumos políticos da Inglaterra.

9˚ano:
Capítulo1:

1) De que maneira é possível relaciona o Imperialismo da I Guerra Mundial?
2) Cite e explique outras 2 causas do conflito;
3) O que foi o movimento de Paz Armada?
4)Explique a frase: "A declaração de guerra do Império Áustro-Húngaro à Sérvia serviu como um efeito dominó para o início do conflito na Europa."
5) Por que esse conflito ficou conhecido como Guerra Mundial?
6) Quais as grandes consequências desse conflito?

Capítulo 2:

7) Descreva a situação política, econômica e social da Rússia pré-revolucionária.
8) Explique a relação da eclosão da Revolução à I Guerra Mundial;
9) Diferencie ideologicamente bolcheviques e mencheviques;
10) Em março de 1917 iniciou-se a Revolução, em outubro, ocorreu uma "revolução dentro da revolução", por que isso ocorreu?
11) Explique o processo de formação da URSS

Capítulo 3:

12) Quais os interesses das diferentes classes sociais brasileiras (exército, oligarquias e classes médias urbanas) no fim do Império brasileiro?
13) Leia o fragmento da página 129, por que o autor José Murilo de Carvalho os caracteriza como "bestializados"?
14) Defina e explique as mudanças da nova Constituição brasileira, promulgada em 1891.
15) Explique como  a Política dos Governadores se completava ao coronelismo nesse momento histórico.